Dor que não passa - a tal da hérnia!


Há semanas estou sendo atormentada por uma dor terrível. Dói, arde, queima e nada a faz parar. Somente o tempo. O tempo em que fico quieta, em repouso, sem me mexer muito, sem me preocupar demais, sem carregar peso, sem levantar meus filhos. Como esse repouso não é muito possível, continuo amargando essa doída hérnia.

O remédio é cirurgia. Seguida de 40 dias de repouso absoluto. Como é que se faz isso, eu não sei. No momento, com 2 filhos pequeninos não tem jeito. Ganhei essa coisinha doída exatamente por não ter feito o repouso devido após a cesariana do meu caçula. E jeito mesmo, fica sendo conviver com essa dor, com esse latejar que torna dolorido até o contato com a bulsa, a calça e o meu respirar.

Levantar da cadeira então, é um tormento. Pareço ter uns 70 anos e estar descadeirada, pois me estico lentamente e com muito esforço pra dor menos.

Ai! Vou ao médico hoje! Preciso dar jeito nisso e ter de volta a qualidade de vida que mereço. Que todo mundo merece, né. Pois ficar com dor, ninguém merece!!!
5 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Paola Oliveira Fumando

KARI: muito mais que um vestido indiano

Creme nota 10: Avon Solutions Cellu-Sculp Redutor de Celulite e Medida